hello world!

Advogado de Dívidas: Quem São e o que Fazem?

Encontrar um advogado de dívidas no Porto pode ser uma tarefa complicada. Se precisa de um especialista na área de direito de dívidas, entre em contacto com a nossa equipa para que possa ser auxiliado por um advogado especializado.


Advogados Porto Ajuda Especializada

Não é surpreendente que muitas pessoas necessitem de ajuda para lidar com cobradores de dívidas ou para conseguir um alívio das suas dívidas. Felizmente, existem advogados de dívidas que ajudam os devedores a gerir as suas dívidas, tais como as de cartões de crédito, ou de empréstimos para estudos. Continue a ler para saber mais sobre o que um advogado de dívidas pode fazer por si e pelas suas dívidas.

Quando contratar um advogado de dívidas?

Um advogado de dívidas é semelhante a um advogado de falência, pelo facto de que ambos o ajudam a gerir grandes quantidades de dívidas. Mas ao contrário de um advogado de falência, um advogado de dívidas irá focar-se em ajudá-lo a pagar as suas dívidas por um valor menor do que aquele que deve. Também o podem ajudar a fazer acordos com os seus credores, para tornar os seus pagamentos de dívidas mensais mais fáceis de gerir. Contratar um advogado de dívidas também pode ser uma ajuda nas seguintes situações:

  • Um credor está a processá-lo para recuperar o valor em dívida;
  • Está a ser assediado por cobradores de dívidas que não param de lhe ligar e são abusivos;
  • Não tem a certeza de como lidar com as suas dívidas de forma a proteger o seu histórico de crédito, proteger a sua habitação de hipoteca, ou de impedir que o seu carro seja penhorado.

O que esperar de um advogado de dívidas?

Contratar um advogado de dívidas tem o seu custo. Por isso, antes de começar a gastar dinheiro que poderia de outra forma ser utilizado para pagar uma dívida ou de contratar um advogado de falência, deve ter a certeza de que está a investir o seu dinheiro corretamente.

Dependendo da sua situação financeira, ter um advogado de dívidas pode beneficiá-lo das seguintes maneiras:

  • Os advogados de dívidas têm experiência com cobradores de dívidas. O seu advogado provavelmente terá anos de experiência a lidar com credores e qualquer pessoa que tente cobrar dívidas. Eles podem usar esse conhecimento para ter em conta todas as variáveis. Isto ajuda-os a decidir qual a melhor opção de alívio de dívida para a sua situação em particular;
  • Estão capacitados para lidar com negociações. Apesar da cobrança de dívidas envolver conceitos e números concretos, existe sempre um elemento humano e algum espaço de manobra ao discutir o alívio das dívidas com os credores. Um advogado consegue ajudá-lo a ter argumentos mais persuasivos em casos mais incertos;
  • Podem representá-lo em tribunal, se necessário. Felizmente, a maioria das atividades de cobrança de dívidas não chegam a litígios. No entanto, se o seu caso chegar, já terá um advogado pronto para o representar em tribunal ou para lhe explicar as suas opções legais se decidir representar-se a si mesmo ou contratar outro advogado;
  • Podem ajudá-lo a evitar intimidações de agências de cobrança. Será menos provável que as agências de cobrança tentem assediá-lo ou enganá-lo ao saberem que tem uma representação legal;
  • Podem denunciar comportamento impróprio. Um advogado consegue ver melhor uma situação em que o credor quebra a lei ou viola as regras, o que lhe dará mais poder de influência ao negociar a sua dívida;
  • Têm experiência a lidar com a documentação. Ter um profissional a tratar da documentação irá ajudar a reduzir qualquer dúvida que possa ter, assim como reduzir as hipóteses de um erro.
Advogado de dívidas

Como contratar um advogado de dívidas

Para contratar um advogado de dívidas, terá de pesquisar as suas opções e posteriormente decidir qual o melhor para contratar. Existem vários sítios adequados para procurar um advogado de dívidas.

  • Motores de pesquisa online;
  • Escreva a sua localização e “advogado de dívidas” na barra de pesquisa para encontrar alguns candidatos a considerar;
  • Recomendações da família, amigos ou colegas;
  • Esta é uma das melhores maneiras para encontrar um advogado. É mais provável que confie numa recomendação e que tenha o melhor serviço possível por parte do advogado;
  • Através da Ordem dos Advogados geral, ou da delegação desta da sua localidade.

Estas organizações profissionais para advogados têm frequentemente um serviço de encaminhamento que o ajuda a encontrar o advogado certo para as suas necessidades.

Depois de ter encontrado alguns advogados a ponderar, precisa de escolher um. Esta é uma decisão pessoal mas existem algumas coisas a ter em consideração ao tomar a sua decisão.

Primeiro, encontre um advogado que esteja disposto a encontrar-se pessoalmente consigo. Durante o seu caso irá provavelmente comunicar principalmente através de correio eletrónico, cartas, ou pelo telefone. Mas deve querer que pelo menos a primeira consulta gratuita seja em pessoa. Isto irá ajudá-lo a perceber se esse é o advogado certo para si. Ter empatia com o seu advogado é importante. Quanto mais confortável se sentir ao falar com ele, melhor ele o pode representar.

Em segundo, verifique a sua licença de exercício. É quase garantido que a licença esteja válida (se não estiver contrate outra pessoa), mas verificar a sua licença é também uma maneira de verificar se existiram acções disciplinárias tomadas contra esse advogado.

Em terceiro, saiba quem vai gerir o grande volume do seu caso. Será o advogado com quem fez a consulta, ou será outra pessoa, como um associado júnior ou um secretário jurídico. Frequentemente são advogados com menos experiência e outros funcionários jurídicos que fazem o maciço do trabalho num caso. Mas o advogado que contratar deverá lidar com as partes de maior importância do seu caso, como estratégias legais mais complicadas e negociações com os cobradores de dívidas.

Em quarto lugar, tenha a certeza de que o advogado que está a considerar tem bastante experiência a lidar com questões de direito do consumidor. Pois este estará numa melhor posição para lidar com, e lhe oferecer conselho legal sobre, cobranças de dívidas impróprias, leis de insolvência e/ou falência, direitos de proteção do consumidor, impostos e empresas fornecedoras de cartões de crédito. O advogado poderá ter experiência prática noutras áreas, mas deve desejar que grande parte dos serviços legais que oferece sejam focados em questões de dívidas.

O que um advogado de dívidas lhe podem esconder

Apesar de como os média os retratam, os advogados são regidos por um código de ética rígido e regras de responsabilidade profissionais. A grande maioria dos advogados segue estas regras, mas existem sempre algumas excepções e maus profissionais.

Advogado de dívidas

Mesmo que o seu advogado não esteja a violar nenhuma regra, pode mesmo assim estar a fazer algo que não seja do seu maior interesse. Por exemplo, pode ser demorado a responder às comunicações consigo, ou com o seu cobrador de dívidas. Também pode ocultar informação importante para si. Esta informação inclui o risco do seu acordo de liquidação ser rejeitado pelo credor, juros altos no seu acordo, como as decisões no acordo de liquidação irão afetar o seu histórico de crédito, e quais são as hipóteses da sua dívida na realidade acabar por aumentar.

Lembre-se que tem o direito de dispensar o seu advogado se ele lhe estiver a esconder informação por qualquer outra razão.

Evitar a Cobrança de Dívidas: Faça-o você mesmo

É melhor prevenir, que remediar, como diz o ditado. E este ditado aplica-se definitivamente ao alívio de dívidas. Travar uma ação de cobrança de dívida ou ganhar o seu processo de dívida é excelente. Mas evitar ambos é ainda melhor.

Ao primeiro sinal de problemas financeiros, contacte o seu banco ou credor para saber quais são as suas opções de alívio da dívida. Usar cobradores de dívidas ou apresentar um processo judicial contra si pode ser dispendioso para os credores. Por isso estes tendem a trabalhar consigo para ajudá-lo a pagar a sua dívida. Mesmo que um acordo de liquidação da dívida não seja possível, existem algumas coisas que pode fazer para evitar ser perseguido por cobradores de dívidas.

Por exemplo, pode fazer um pedido de insolvência ou falência. Depois desse pedido ser-lhe-á automaticamente concedida uma suspensão. Isto faz com que a maioria das ações de cobrança de dívidas parem, ganhando-lhe algum tempo para que possa encontrar uma solução para lidar com a sua dívida. Mesmo que não encontre uma solução, irá forçar as agências de cobrança de dívidas a deixá-lo em paz (na maioria das situações). Ter um advogado que o ajude a apresentar insolvência ou falência é o ideal na maioria dos casos, mas não é necessário.

Se uma dívida for antiga o suficiente, outra maneira de evitar a sua cobrança é declarar a defesa do estatuto de limitações ou por prescrição. Se esta defesa se aplicar ao seu caso existe uma grande hipótese do seu credor perder o processo. Quando o prazo de prescrição já foi ultrapassado isso também pode alterar a forma como o cobrador de dívidas interage consigo. Por exemplo, não podem ameaçar processá-lo quando o prazo já prescreveu.

Porto Advogados Portugal

Resumindo...

Um advogado de dívidas pode ajudá-lo a encontrar o acordo para o alívio ou liquidação de uma dívida mais indicado para si e solicitá-lo. O advogado também pode representá-lo caso seja processado. Por último, têm bastante experiência para negociar e comunicar com agências de cobrança de dívidas e credores.

Existem diversas maneiras de encontrar um advogado de dívidas, incluindo a ordem dos advogados, a internet e referências de terceiros. Quando estiver a decidir qual o advogado a contratar, tenha a certeza de que a primeira consulta é gratuita.

Lembre-se que não tem de contratar sempre um advogado para o ajudar com cobradores de dívidas. Podem existir opções que o ajudem a simplesmente evitar a cobrança da dívida. O melhor é contactar os seus credores ao primeiro sinal de problemas financeiros para ter a certeza de que o problema não piora.

NOTA: A informação contida neste artigo é proveniente da tradução de um artigo original não referente a Portugal. Para informações relacionadas com Portugal deve consultar um especialista nacional ou o site da Ordem dos Advogados.

Advogados Porto

Fale com a nossa equipa

Entre em contacto com os melhores advogados do Porto
AGENDAR REUNIÃO